Vítimas de violência doméstica mais protegidas

14 de janeiro de 2013
A Associação de Moradores das Lameiras foi uma das onze entidades de todo o país que estiveram presentes na cerimónia, presidida pela Secretária de Estado, Teresa Morais,  que decorreu no Edifício da Presidência do Conselho de Ministros, no passado dia 11 de Janeiro de 2013, em Lisboa, tendo  por objetivo proteger as mulheres e crianças, vítimas de violência doméstica.
A AML esteve representada pelo Presidente da Direcção, Jorge Faria, acompanhado pela Directora Técnica da Casa de Abrigo, Alexandra Rodrigues. Este compromisso permitirá a Casa de Abrigo alargar a capacidade de acolhimento de 6 parta 12 utentes. No entanto, estas novas vagas serão apenas destinadas ao acolhimento de emergência temporário, de vítimas de violência doméstica, enquanto estas aguardam por vaga em regime de Casa Abrigo, propriamente dito. Esta nova «Carta de Compromisso» foi assinada por 11 instituições de norte a sul do pais, entre elas a Associação de Moradores das Lameiras, sendo que, com esta medida o Governo pretende acabar, ou pelo menos diminuir, o número de vítimas que são hospedadas em pensões, por falta de vagas em «Casas de Abrigo».

Adicionar comentário

Subscrever newsletter

As novidades da AML na sua caixa de correio.



BoletimBoletim cultural e informativo

Ler online »