«O Futuro das Instituições Sociais no pós-troika»

3 de junho de 2014
A Sustentabilidades das Instituições Sociais marcou a Conferência que decorreu no passado dia 03 de Junho no auditório da Biblioteca Municipal de Vila Nova de Famalicão, com o título «O Futuro das Instituições Sociais no pós-troika», que teve como principal interveniente Rui Barreira, Diretor do Centro Distrital da Segurança Social de Braga.
Integrada na celebração dos 30 anos da Associação de Moradores das Lameiras, esta iniciativa, que foi presidida por Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, congregou mais de uma centena de participantes entre dirigentes, técnicos e pessoas ligadas às instituições sociais do Concelho de Vila Nova de Famalicão. Para Jorge Faria, presidente da Direção da AML, esta foi uma oportunidade de todos, em conjunto, perspetivar novas estratégias para o futuro. Paulo Cunha congratulou-se com a iniciativa, classificando-a de «ousada, mas necessária no momento presente». Rui Barreira conduziu a sua intervenção centrada na sustentabilidade das instituições sociais. Apontou algumas propostas e sugeriu que nalguns casos a melhor solução pode estar na partilha de serviços entre instituições e até, porque não: «na junção de algumas delas». Manifestou-se a favor de uma gestão empresarial e a prestação de novos serviços que poderão ajudar na sua sustentabilidade, concluiu.

Adicionar comentário

Subscrever newsletter

As novidades da AML na sua caixa de correio.



BoletimBoletim cultural e informativo

Ler online »