30 anos ao serviço da Comunidade

6 de junho de 2014
A Associação de Moradores das Lameiras está a celebrar 30 anos ao serviço da Comunidade. Na semana que passou realizaram-se dois eventos significativos, ambos presididos pelo Presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão, Dr. Paulo Cunha. O primeiro aconteceu no dia três de junho, no auditório da Biblioteca Municipal, com uma conferência sobre «O Futuro das Instituições Sociais no pós-troika», orientada pelo Diretor Distrital da Segurança Social de Braga, Dr. Rui Barreira, na qual participaram cerca de uma centena de dirigentes, técnicos e alguns beneficiários das instituições sociais do concelho de Vila Nova de Famalicão.
O segundo evento decorreu no passado sábado dia seis de junho no restaurante do hotel Moutados, em Vila Nova de Famalicão, com um jantar/convívio comemorativo da efeméride. Contou com mais de 150 pessoas, na maioria associados e colaboradores. Presentes também as entidades locais, entre elas o diretor do Instituto da Segurança Social de Braga, Dr. Rui Barreira e representantes das instituições da zona urbana da cidade de Vila Nova de Famalicão.
No decorrer do jantar foram proferidas diversas comunicações que coincidiram no apreço pelo trabalho desenvolvido pela Associação de Moradores das Lameiras nestes trinta anos de atividade. Abriu a série de intervenções o Presidente da Direção, Jorge Faria, que se congratulou com a presença das várias entidades, a quem saudou e agradeceu a sua presença. Depois, homenageou em nome da direção, os associados e fundadores, as diferentes equipas de dirigentes que nestes trinta anos serviram a AML, as respetivas equipas e seus responsáveis pelas diferentes respostas sociais e, de uma forma muito especial e carinhosa o Grupo Desportivo da Associação de Moradores das Lameiras, na categoria de seniores, que pelo segundo ano consecutivo conseguiu vencer o campeonato concelhio de futebol de salão amador da AFSA de Vila Nova de Famalicão e a respetiva taça concelhia. Teve ainda uma palavra de apreço e carinho para com os responsáveis da Segurança Social no Distrito de Braga, Dr. Rui Barreira, do Centro de Emprego, Dra. Anabela Pereira e para com o Presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão, Dr. Paulo Cunha, pelo apoio que estas entidades sempre prestaram e continuam a prestar à Associação de Moradores das Lameiras. Disse ainda que a direção a que preside, continua a contar com o seu apoio para prosseguir o trabalho em prol dos mais desfavorecidos e da comunidade envolvente.
Depois seguiram-se intervenções do presidente da Junta da União de Freguesias de Antas e Abade de Vermoim, Manuel Alves, do pároco da paróquia de S. Tiago de Antas, Pe. Agostinho Alves, do primeiro secretário da Assembleia Municipal (em representação do presidente) Dr. Luís Ângelo Oliveira, da representante do Centro de Emprego do Baixo Ave, Dra. Anabela Pereira, do Diretor do Centro Distrital do Instituto da Segurança Social, Dr. Rui Barreira, do Presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão, Dr. Paulo Cunha, tendo encerrado as intervenções o presidente da Assembleia Geral da Associação de Moradores das Lameiras, José Maria Carneiro da Costa.
Das intervenções proferidas destacam-se as intervenções de Jorge Faria, atrás referida, do Dr. Rui Barreira, que enalteceu todo o trabalho desenvolvido pela AML quer no aglomerado habitacional das Lameiras, quer no Centro Social das Lameiras, realçando o trabalho de qualidade desenvolvido, a gestão rigorosa e a diversidade de respostas sociais que tornam esta instituição num caso único no distrito de Braga e no país. Por sua vez o Dr. Paulo Cunha destacou as boas relações existentes entre a AML e o Município de Vila Nova de Famalicão, que fizeram com que se concretizasse um trabalho em parceria para a gestão do Complexo Habitacional das Lameiras, que apesar das constantes mudanças de residentes continua bem preservado, graças ao trabalho conjunto entre a AML e a Câmara Municipal selado num protocolo de colaboração, assinado em maio de 2004 entre as duas instituições. Referiu que pelo facto das Lameiras estarem integradas no Parque da Devesa e terem feito parte do Consórcio da sua construção e agora da Comissão de Acompanhamento, se deve à sua excelente experiência acumulada ao longo destes trinta anos e não apenas por estar dentro do perímetro do Parque. Disse ainda que esta experiência da Associação de Moradores das Lameiras se pode tornar num Franchising inovador‎ a ser exportado para outros locais do concelho e do país. Por isso, realçou, o Complexo Habitacional das Lameiras como um local aprazível onde dá gosto viver. Terminou oferecendo à AML, na pessoa do presidente Jorge Faria, uma peça decorativa que permite perpetuar a celebração dos 30 anos da AML.

A finalizar, José Maria Carneiro da Costa, atual presidente da assembleia-geral e antigo presidente da direção, disse estar feliz com a celebração destes trinta anos e o percurso efetuado, graças a um pequeno grupo de residentes, de que fez parte, que em 1983/84, no meio da diversidade de opiniões, estados de vida e alguma teimosia, decidiram unirem-se para dar vida a este grande projeto que é hoje a Associação de Moradores das Lameiras. Fez ainda referência ao Edifício das Lameiras e à intervenção que este está a ser submetido, tornando-o mais bonito e enquadrado na cidade. Terminou referindo que todos os que ali estavam representam as «pedras vivas» dum projeto que sempre teve como objetivo o bem-estar das pessoas.
Seguiu-se o cantar dos parabéns, a partilha do bolo de aniversário e um brinde à Associação de Moradores das Lameiras pelo seu trigésimo aniversário. As comemorações prosseguem com nova atividade no recinto das Lameiras no próximo dia 20 de Junho com um arraial popular e festa de encerramento das atividades letivas do Centro Social.

Adicionar comentário

Subscrever newsletter

As novidades da AML na sua caixa de correio.



BoletimBoletim cultural e informativo

Ler online »