Cuidar de Ti!

30 de outubro de 2014
Cuidar e educar
«Cuidar de ti!» é o título do novo projeto socioeducativo da Associação de Moradores das Lameiras. A instituição é apresentada como uma organização da comunidade, das famílias, das crianças, dos seniores e como tal trabalha diretamente para eles, regendo-se por uma série de valores que marcam a sua atuação diária.
Depois de um trabalho contínuo com a participação dos Pais, encarregados de educação, comunidade envolvente, pessoal docente, técnicos, auxiliares e dirigentes da AML eis que surge o «Cuidar de Ti!». Com um horizonte temporal de três anos, este será o tema base que orientará a nossa ação pedagógica e que definirá o conjunto de valores, métodos e estratégias através dos quais iremos concretizar a nossa função educativa e social.
Com a preocupação de cuidar das nossas crianças e idosos pretendemos estabelecer um compromisso entre as famílias e a comunidade educativa, compreendendo reflexões e ações que envolvam a construção da autonomia, o respeito e o cuidado com os outros levando a uma conceção de responsabilidade e consciência.
Cuidar e educar
Cuidar e educar não pode ser visto de forma isolada, pois ambas estão presentes, de forma indissociável, na rotina diária da criança, quer em casa como na instituição. O ato de cuidar assume-se como um momento educativo quando, por exemplo, mudamos a fralda a uma criança, quando a alimentamos ou até mesmo quando tratamos de um arranhão, pois nestes momentos conversamos com ela, interagimos, comunicamos, expressamos os nossos sentimentos e contribuímos para a sua independência.
Por sua vez, quando lidamos com uma pessoa idosa, não podemos esquecer que ela teve uma vida de trabalho, que lhe permitiu adquirir ao longo dos anos a sabedoria e experiência que as gerações mais novas ainda lhes faltam conquistar. «Cuidar de Ti», assume aqui um lugar de destaque ao proporcionar aos mais velhos a qualidade de vida e o bem-estar que tanto merecem, através da sua ação educativa.
Recorremos muitas vezes aos nossos idosos para contarem a sua história de vida, as suas preocupações e anseios, as alegrias, as vivências, enfim uma mão cheia de crónicas, que ao ouvi-las também nós aprendemos. Neste sentido, a educação ao longo da vida é feita através da partilha que cada um de nós pode oferecer. A participação dos idosos no decorrer deste projeto ajudará a combater a monotonia das horas e dos dias que passam vagarosamente, dando-lhes outro ânimo de viver com mais dignidade e alegria.
 
Cuidar – Um vínculo afetivo
Assim, cuidar é preocupar-se e querer bem ao outro, perceber as suas necessidades, o que implica um vínculo afetivo entre o cuidador e de quem é cuidado, compreendendo que as nossas atitudes afetam direta ou indiretamente o equilíbrio do ambiente em que estamos inseridos. Este vínculo é de extrema importância, não só na infância como durante toda a vida. Concordamos com Leonardo Boff quando diz: «Cuidar é mais que um ato singular ou uma virtude ao lado de outras. É um modo de ser, isto é, a forma como a pessoa humana se estrutura e se realiza no mundo com os outros. Melhor ainda: é um modo de ser-no-mundo que funda as relações que se estabelecem com todas as coisas».
Carla Nogueira e Carla Carvalho
Técnicas superiores da AML

Adicionar comentário

Subscrever newsletter

As novidades da AML na sua caixa de correio.



BoletimBoletim cultural e informativo

Ler online »