Exercício de proteção: «A Terra Treme»

13 de outubro de 2016
«Eu meti as mãos atrás da cabeça, baixei-me e corri para debaixo da mesa», foi desta forma que o André, de quatro anos, contou o que fez num minuto em que a terra (supostamente) tremeu no Centro Social das Lameiras, em Vila Nova de Famalicão. 
Deste modo, pelas 10,13 horas do dia 13 de outubro, a Associação de Moradores das Lameiras associou-se ao Dia Internacional para a Redução de Catástrofes, envolvendo 268 pessoas, presentes na instituição naquele momento.

Adicionar comentário

Subscrever newsletter

As novidades da AML na sua caixa de correio.



BoletimBoletim cultural e informativo

Ler online »