Parque de Jogos das Lameiras (Remodelado) foi inaugurado

A população e em particular os jovens, ficaram com melhores condições para a prática desportiva

11 de maio de 2005
Descerramento da placa inaugural entre Judite Borges da Direcção da AML e Armindo Costa, Presidente da Câmara

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Arq. Armindo Costa, inaugurou no passado dia 10 de Maio, as obras de reabilitação do parque de Jogos do Grupo Desportivo da Associação de Moradores das Lameiras. Participaram na cerimónia os vereadores da Habitação Dr. Jorge Paulo Oliveira e do Ambiente Eng. José Santos, membros dos Corpos Gerentes da AML, Dirigentes do Grupo Desportivo, a população das Lameiras e um número significativo de jovens. Depois realizou-se um jogo de futebol amigável entre as equipas de iniciados da Associação de Moradores das Lameiras e do Requinense, de Requião, tendo as Lameiras vencido a sua congénere por 7-2. A partir de agora o campo de jogos ficará com as condições ideais para a prática desportiva. Recorde-se que a Direcção da AML tinha solicitado à Autarquia que esta obra fosse custeada no âmbito do programa municipal “Mudar de Casa Mudar de Vida”, o que veio acontecer. Custou 31.535,00 euros, suportados por um subsídio que a Câmara Municipal atribuiu à AML. Esta Associação está grata à Câmara Municipal por este investimento e espera que outros se concretizem brevemente, como por exemplo: o arranjo urbanístico dos espaços exteriores ao Edifício e a passagem superior para peões na Av. Marechal Humberto Delgado, há muito prometidos e previstos, segundo a Autarquia, para muito breve.

Antes da inauguração do parque de jogos o Sr. Presidente da Câmara teve uma reunião com a Direcção e restantes Órgãos Sociais da Associação de Moradores das Lameiras, nas instalações do Centro Social e Comunitário. Nesta reunião foram abordadas diversas realidades da zona envolvente às Lameiras, entre elas a transferência de diversas actividades que ainda funcionam nos pré-fabricados, para parte das antigas instalações do Centro Social que, para o efeito, necessitam de obras de adaptação e que serão assumidas pela Câmara Municipal. O processo de construção de 15 habitações T0, que serão implantadas na parte norte/nascente das antigas instalações do Centro Social, foi outro dos assuntos abordados. A iluminação pública do recinto das Lameiras e de toda a zona envolvente, entre o Edifício das Lameiras e o Centro Social, a falta de estacionamento junto às Lameiras e respectiva ordenação do existente foram preocupações dos dirigentes da AML apresentadas na referida reunião de trabalho.











Por fim, foi pedido ao Sr. Presidente da Câmara que seja encontrada uma solução para o estacionamento das viaturas do Centro Social, que são utilizadas no Apoio Domiciliário a Idosos na Cidade, para que sejam isentadas da respectiva taxa de estacionamento.

Adicionar comentário

Subscrever newsletter

As novidades da AML na sua caixa de correio.



BoletimBoletim cultural e informativo

Ler online »