Nas Lameiras Natal é sinal de festa e gratidão

Casa pequena para receber tanta gente

17 de dezembro de 2005
Crianças interpretando a música «eu hei-de ir ao presépio»
Decorreu no dia 17 de Dezembro nas instalações do Centro Social e Comunitário da Associação de Moradores das Lameiras, a tradicional Festa de Natal das crianças das Lameiras e dos utentes do Centro Social. Mais uma vez as instalações tornaram-se pequenas para acolher as muitas centenas de crianças, jovens, idosos e respectivos familiares que participaram nesta Festa de Natal.

“A Festa de Natal este ano tem um sabor diferente, porque apesar das dívidas, o Centro Social e Comunitário começa a consolidar-se e por isso a partir de agora, aqui nas Lameiras, Natal será sempre sinal de Festa e gratidão, sobretudo para aqueles que ao longo destes 22 anos de existência têm ajudado esta Associação a crescer e a consolidar-se”, afirmou Jorge Faria, Presidente da Direcção da AML na abertura da tradicional Festa de Natal. Para Jorge Paulo Oliveira, Vice-presidente da Câmara Municipal, também presente, na qualidade de pai, convidado em nome destes, a dirigir algumas palavras aos presentes, afirmou que "esta é a festa das crianças, das famílias e dos amigos. É tempo de esquecer as dificuldades da vida e aquelas que vierem no futuro", desejando a todos os presentes Boas Festas de Natal e Ano Novo.
A Festa prosseguiu com as seguintes interpretações: a canção: «Tlim Tlão» interpretada pelos meninos da Creche e «Boneco de neve» pelos meninos da sala dos três anos do Jardim-de-infância. O Centro de Actividades dos Tempos Livres (CATL) apresentou uma dança que versou o tema do «Natal Africano». Depois, foi a vez da sala dos quatro anos do Jardim-de-infância interpretar a canção: «Eu hei-de ir ao presépio», seguindo-se nova representação do CATL com a peça de teatro: «O Aniversário do Sr. Ecoponto», entretanto, foram chamados ao palco os meninos dos cinco anos do Jardim-de-infância que interpretaram a canção «O pinheirinho de Natal está catita». Por sua vez, os idosos do Centro de Dia e Lar apresentaram, em conjunto com um grupo de crianças do CATL, uma canção coreografada intitulada: «No alto daquela Serra», seguindo-se o Centro de Animação Juvenil com a peça de teatro: «O Sapateiro de Natal» e as turmas de inglês que cantaram a canção: «We Wish you a merry Christmas». O CATL regressou novamente ao palco para interpretar duas danças: o «Tango Objection» e «Show SCENE», reaparecendo de seguida o Centro de Animação Juvenil, que apresentou ao público a Banda “Seven Street hip hop”, interpretando: «Quando amamos alguém» e «O Pai Natal veio à cidade». Um grupo de Pais, quis apresentar uma surpresa aos seus filhos e interpretaram a canção coreografada com o título «A loja do mestre André», que as crianças muito aplaudiram. A Festa começou a aproximar-se do fim, tendo actuado ainda a Academia Max Woman, da professora Carla Yolanda, com diversas interpretações bem concebidas, entre elas: «Pega no cabelinho» e «Mamiac». A terminar actuou a Orquestra de Cavaquinhos do Liberdade Futebol Clube, que encantou todos os presentes com as suas belas canções e melodias. No final foram distribuídas pequenas lembranças a todas as crianças. A Festa dos idosos acontecerá no dia 23 de Dezembro com celebração Eucarística e almoço de Natal no mesmo local.

O dia terminou com o tradicional jantar de Natal, com pessoal dirigente, funcionários e colaboradores, que reuniu cerca de 120 pessoas empenhadas nos vários departamentos e valências da AML, nos diferentes serviços de apoio à Comunidade, quer em acções especializadas e qualificadas profissionalmente, quer em serviços de voluntariado.

Adicionar comentário

Subscrever newsletter

As novidades da AML na sua caixa de correio.



BoletimBoletim cultural e informativo

Ler online »