Campo de Férias «Acreditar» com resultados positivos

18 de julho de 2007
Participantes no Campo de Férias
Teve início no passado dia 9 de Julho e prolonga-se até ao dia 27 do mesmo mês o 2.º Campo de Férias, não residencial deste ano, organizado pela Associação de Moradores das Lameiras, com o apoio da Delegação Regional de Braga do Instituto Português da Juventude (IPJ), subordinado ao tema “Acreditar”. Tem por objectivos levar os adolescentes e jovens participantes acreditarem mais nas suas capacidades e naquilo que são capazes de desenvolverem nas comunidades onde estão inseridos. Acreditar na inteligência, no saber fazer e no pôr em prática acções inovadoras, que estimulem os seus conhecimentos, ajudem a interpretar novos conceitos de convívio e animação, passando pelo desporto não competitivo, o respeito pelos outros, o desenvolvimento de valores e o fomento da cidadania participativa, são algumas das acções previstas. Deste modo, procurar-se-á que os adolescentes e jovens completem e experimentem os valores da sua criatividade e o quanto cada um/a é capaz de «Acreditar» de que valeu a pena investir neste projecto durante as três semanas do programa.
Os jovens e adolescentes têm procurado, descobrir novos percursos de aventura, preservar o meio ambiente, conviver em grupo, colaborar e interagir com os mais idosos e fomentar actividades intergeracionais. A promoção dos direitos humanos, valorizar o papel das crianças e os seus direitos nas iniciativas programadas, são outras iniciativas que estão a ser desenvolvidas. As actividades são alternadas entre o Centro Social das Lameiras, vários pontos de interesse nas cidades de Vila Nova de Famalicão e Vila do Conde, como monumentos, parques, piscinas e praias respectivamente, interagindo com a Colónia Balnear da AML. «Acreditar» está a realizar este percurso com a participação de cerca de 125 crianças e jovens, sendo 25 deles apoiados pelo IPJ. Para além de animação desportiva, uma série de ateliers e oficinas temáticas, servem de orientação às actividades para o contacto directo com a natureza e a cultura destas duas cidades do Vale do Ave.

Adicionar comentário

Subscrever newsletter

As novidades da AML na sua caixa de correio.



BoletimBoletim cultural e informativo

Ler online »